Tecnologia

No campo tecnológico, o projeto RAIES propõe a administração de ferramentas qualitativas, como avaliação de risco/impacto e design orientado por valores, e quantitativas, como relatórios de segurança, avaliação por métricas de fairness, ferramentas de interpretabilidade e administração de ataques adversarias, todas com o intuito de avaliar e melhorar a robustez de um determinado sistema.

Tais ferramentas são utilizadas para analisar se uma determinada aplicação atende às preocupações estipuladas pelos desenvolvedores e o Comitê de Ética da RAIES, fornecendo assim resultados quantitativos que atestem a eficiência e segurança do sistema analisado. Nossas ferramentas são empregadas por pesquisadores especializados no uso e desenvolvimento de sistemas inteligentes, como engenheiros, desenvolvedores de software, analistas de dados, cientistas da computação, especialistas em biotecnologia, entre outros.
 

Na RAIES, buscamos a auxiliar na criação de novos agentes para operar junto à indústria, como engenheiros de segurança e eticistas da Inteligência Artificial. Para capacitar o maior número de pessoas, a RAIES irá atuar junto às empresas e universidades, nos mais diversos níveis de formação - graduação, mestrado, doutorado e pós-doutorado - contando com a expertise do NAVI em conectar empreendedores, corporações, investidores e pesquisadores.

 

A rede também atuá junto com a comunidade civil, tais como organizações não governamentais, como a AI Robotics Ethics Society, além do poder público, Governo do Estado do Rio Grande do Sul, de modo a auxiliar o alinhamento dos interesses da sociedade com os objetivos da indústria.